Afinal, você realmente entende o que é o funil de vendas?

Entender o que é funil de vendas é essencial para qualquer negócio nos dias de hoje. Por isso, empresas reconhecidas por saberem trabalhar bem com essa ferramenta a revisam regularmente com o objetivo de aprimorá-la e encontrar pontos falhos.

Tendo isso em mente, se você ainda não a utiliza no seu dia a dia, é hora de entender perfeitamente do que se trata e colocá-la em prática. Quer melhorar suas vendas? Nesta postagem, você vai conferir os pontos-chave para entender de uma vez por todas do que se trata e garantir resultado. Acompanhe:

O que é funil de vendas?

O funil de vendas é um modelo estratégico. Por meio dele, você observa e controla cada uma das etapas que seu lead percorre até o fechamento do negócio. Isso é possível porque no modelo estão representados todos os estágios do processo — desde o primeiro contato do potencial cliente com sua empresa.

É o conjunto de etapas que forma o funil que dá suporte à jornada de compras do seu cliente. Esse suporte consiste basicamente em fornecer estímulos para que ele avance em cada estágio.

Quais são as etapas do funil de vendas?

Considere que o funil de vendas representa a interação do cliente com seu produto, sua marca e sua empresa. Assim, não é um processo homogêneo e regular, mas um conjunto de ações pensadas de acordo com o perfil do consumidor. Ele está dividido em 3 etapas:

1. Topo de funil

É onde estão os clientes que tiveram um primeiro contato com sua empresa. No entanto, isso não significa que eles reconheçam que têm um problema que precisa ser resolvido, muito menos que seu produto pode ajudá-los nisso.

Além disso, essa é a parte mais larga do funil, onde está a maioria dos potenciais clientes que você conseguiu atrair. Os passos seguintes vão ajudar a torná-los qualificados para uma ação de vendas e o fechamento do negócio.

2. Meio de funil

Nesse estágio, o cliente já descobriu que tem uma demanda, mas ainda não está decidido em satisfazê-la. Em outras palavras, ele reconheceu que tem um problema para resolver, mas ainda busca uma solução.

Se na etapa anterior as suas ações precisavam despertar esse reconhecimento, agora é o momento de demonstrar que existe uma solução viável para a “dor” dele. Quando isso ocorrer, ele estará pronto para a compra e migrará para o último estágio: o fundo de funil.

3. Fundo de funil

É o momento em que ocorre a avaliação de seu produto. Ele será comparado com o da concorrência e, ao final, a melhor alternativa será escolhida pelo cliente.

Como ocorre a jornada de compra?

Como vimos, as etapas do funil estão totalmente relacionadas com a jornada de compra do cliente, que nada mais é do que os passos que ele percorre até a aquisição de um produto. Entendê-la é um passo importante para vender mais. São 4 etapas:

  • aprendizado e descoberta: ligada ao topo de funil, onde não há percepção de um problema;
  • reconhecimento do problema: relacionada ao meio de funil, quando o comprador percebe que tem uma demanda;
  • consideração da solução: ocorre no fundo de funil, quando ele começa a comparar alternativas de solução para o seu problema;
  • decisão de compra: quando ele toma a decisão com base nos diferenciais competitivos de cada oferta.

Agora que você sabe exatamente o que é funil de vendas, desenvolva conteúdos adequados para cada etapa e trabalhe a jornada com cuidado e atenção aos detalhes. Tenha em mente que não adianta focar exclusivamente no aumento de leads no topo de funil — o que é um erro comum. É lógico que a melhora de resultados depende da quantidade de novos visitantes, mas também é preciso ser eficiente em convertê-los para as etapas seguintes.

Gostou deste post? Aproveite e curta nossa página no Facebook para encontrar conteúdos relevantes sobre esse e outros temas que contribuem para melhora de resultados de vendas.

Comente no Facebook

O que achou do conteúdo? Deixe seu comentário ;)