Descubra agora como é o comportamento do consumidor on-line

Seja qual for o tipo da empresa, entender o comportamento do consumidor on-line é muito importante para os seus gestores. Afinal, essa é a força crescente do mercado e, inevitavelmente, será a principal em alguns anos. Quem não se preparar agora pode perder clientes para a concorrência.

Alguns dados mostram como investir nesse tipo de consumidor é rentável e deve ser trabalhado para o bem do futuro das companhias. Vejamos então, neste post, algumas informações que demonstram como agem os compradores digitais! Confira:

Opinião mais relevante

Hoje, é crescente o poder que os consumidores têm em relação às marcas. As ferramentas de avaliação, sites de reclamações e redes sociais lhes permitem verificar a reputação e ter opiniões sobre as empresas. E isso é um fator importante para a decisão de compra.

Uma pesquisa da empresa Nielsen, feita com 28 consumidores da internet de 56 países, revelou que 92% dessas pessoas confiam mais nos feedbacks e recomendações de outros usuários do que na publicidade.

Essas opiniões podem ser monitoradas e usadas para melhorar os serviços e formar uma boa imagem para o público — além de direcionar o planejamento de futuras ações, campanhas e desenvolvimento de produtos.

Mais acessos por mobiles

A facilidade de uso, a mobilidade e o barateamento dos smartphones e tablets, além da melhoria da internet móvel, fazem cada vez mais pessoas deixarem os PCs de lado e aderir às tecnologias móveis.

Essa tendência mostra que é essencial adequar as suas mídias para esses dispositivos. Afinal, os usuários não esperam mais ou insistem para acessar um site que não se encaixa bem nos seus aparelhos — eles simplesmente desistem e passam para o próximo.

Preferência por m-commerce

Assim como os acessos, as compras originadas de aparelhos móveis crescem rapidamente. Ainda que algumas pessoas desconfiem de pagamentos online ou transferências via internet, o chamado m-commerce se desenvolve conforme a segurança dos aplicativos aumenta.

E essa tecnologia pode se expandir até para os estabelecimentos físicos, permitindo aos consumidores comprar sem a necessidade de interação com os vendedores. Isso mostra como é preciso migrar o seu negócio para uma forma de atendimento, prestação de serviço e pagamentos mobile.

Aumento das redes sociais

Esses espaços têm se mostrado a maneira mais diversificada de interação com o público atual. Por meio deles é possível dialogar com as pessoas, obter feedbacks, construir e fortalecer a marca, anunciar e vender — além das funções específicas de cada rede social.

Algumas mais focadas em imagens, como Instagram e Pinterest, ganharam bastante destaque nas estratégias de marketing digital. O Instagram, por exemplo, cresceu sua influência de vendas de 17%, nos últimos três meses de 2016, para 36% no mesmo período de 2017.

Sem dúvida, as redes sociais estarão cada vez mais segmentadas entre nichos. Então, é preciso ficar atento às tendências e expandir a participação da sua empresa nas redes mais famosas, como Facebook, YouTube e Twitter.

Enfim, como vimos, entender o comportamento do consumidor on-line é essencial para planejar o futuro das empresas. O mundo já está muito avançado quanto ao uso das tecnologias, e quem não investir em marketing digital pode ficar de fora do mercado.

Existem muitas formas de fazer esse trabalho, mas o melhor custo-benefício ainda é contratar uma agência especializada! Assim, é possível economizar com um departamento próprio e ainda dispor de uma equipe focada em resultados.

Então, gostou do post? Agora que você entendeu a importância de analisar o comportamento do consumidor on-line, se deseja saber mais sobre como implementar o marketing digital na sua empresa, entre em contato conosco.

Comente no Facebook

O que achou do conteúdo? Deixe seu comentário ;)