Entenda o que é campo semântico e por que escrever pensando nisso

Você trabalha com produção de conteúdo para a internet? Então, provavelmente já sabe da importância de otimizar suas publicações para que sejam encontradas pelo Google. Além disso, você está pensando no campo semântico do seu texto?

A cada dia, os mecanismos de buscas ficam mais inteligentes e se baseiam em contexto em vez de se limitar apenas às palavras encontradas. Isso exige alguns cuidados da sua parte, já que a sua página pode ser penalizada se for considerada irrelevante para o tema.

Uma das tendências mais fortes de SEO na atualidade é escrever para pessoas e não para algoritmos. Afinal, o objetivo do Google é sempre entregar o melhor conteúdo ao público que o utiliza. Dessa forma, você precisa pensar em quem vai ler seu material e no entendimento dessa audiência.

O que é campo semântico?

A semântica é a área de estudos relacionada às palavras e seus significados. Falar nesse assunto geralmente envolve discutir a formação das frases e, principalmente, o entendimento que temos delas a partir da nossa própria linguagem. Nós falamos e escrevemos de determinada forma e a semântica leva isso em consideração.

O que isso tem a ver com otimização e marketing de conteúdo? Para compreender essa relação, é importante lembrar o quanto o Google deseja se tornar um mecanismo de pesquisas cada vez mais eficaz. O objetivo dele é sempre oferecer o conteúdo certo a quem o utiliza. Portanto, precisa entender melhor as intenções por trás de quem busca e o real significado do conteúdo da web.

O campo semântico daquilo que você escreve tem um valor muito grande para o algoritmo do Google. Não basta mais se preocupar em repetir a palavra-chave um certo número de vezes ao longo de um texto e esperar os acessos virem. O sistema é capaz de “entender” o assunto por meio de termos relacionados e, principalmente, detectar quando há contradições.

Quais cuidados tomar ao produzir conteúdo pensando no campo semântico?

Se você já tem o hábito de otimizar seu conteúdo levando em conta as normas de SEO, ótimo! Você já tem meio caminho andado em direção ao trabalho que precisa fazer em relação ao campo semântico. Agora, basta apenas começar a considerar essa variável em seu planejamento e na redação do conteúdo do seu site.

Cada conteúdo do seu site deve ter uma temática única e a sua otimização precisa refletir isso. Suas tags (como meta tags e alt text) têm que complementar o campo semântico, assim como o próprio texto. Isso também vale para os links internos e externos distribuídos na página. Além disso, procure usar as palavras adequadas ao assunto, algo que pode exigir uma pesquisa prévia.

Por fim, o entendimento de campo semântico por parte do algoritmo do Google serve de alerta para quem tenta burlar o sistema e conquistar visibilidade de forma errada. Usar palavras-chave que não têm relação com o seu conteúdo traz penalidades em vez de acessos. Agora que o sistema está mais sofisticado, nem pense em tentar enganá-lo!

Quais os próximos passos?

Agora que você já entendeu os impactos que a preocupação com o campo semântico tem na sua produção de conteúdo, pode começar a adaptar a sua estratégia. A capacidade do algoritmo de entender o contexto de cada material pode ser muito valiosa para você, já que basta ter um conteúdo de alta qualidade para ganhar mais espaço no buscador. Portanto, priorize sempre o aprimoramento das suas publicações.

Quer acompanhar mais dicas como essas? Cadastre o seu e-mail e comece a receber a nossa newsletter diretamente em sua caixa de entrada.

Comente no Facebook

O que achou do conteúdo? Deixe seu comentário ;)