fbpx
Billey Preloader

Adaptações do Marketing Digital: 5 lições que aprendemos durante a pandemia

Adaptações do Marketing Digital: 5 lições que aprendemos durante a pandemia

19-03 #Blog - Penze

Não há dúvidas de que as transformações são inevitáveis, especialmente quando pensamos em nós mesmos e nas diferentes formas de consumo. A pandemia do Coronavirus introduziu novas práticas e acelerou alguns processos, fazendo com que a indústria e comércio precisassem se reinventar, para responder com rapidez e eficácia às novas demandas.

As tendências que surgiram estão consolidadas agora, e vão impactar diretamente nas nossas ações, seja no presente, seja no futuro. Por isso, convidamos você para continuar lendo este artigo, no qual vamos entender melhor a experiência durante este ano atípico.

Mais do que nunca, chegou a hora de “colocar a casa em ordem”. Em outras palavras, é fundamental revisar estratégias, repensar as práticas atuais, adotar processos claros e cuidar de todos os detalhes envolvendo negócios, operações e logística.

1 – As principais mudanças no comportamento do consumidor
Quando perguntamos aos clientes o que eles imaginam para uma loja do futuro, podemos até pensar que a resposta caminhe para um conceito super high tech, mas não é bem assim.
Segundo suas próprias descrições, o que a maioria deseja hoje é: uma loja prática, resolutiva, na qual encontre facilmente o que precisa, além de ter facilidade na escolha e na tomada de decisão, com acesso rápido e segurança.
Outro dado importante é que o isolamento social, aliado às facilidades da tecnologia, provocou um aumento significativo na interação dos clientes com chatbots. Segundo a entidade responsável pelo setor, o crescimento com o auxílio da inteligência artificial chegou a 200%, para termos uma vaga ideia.

2 – Bons negócios não precisam ser fechados pessoalmente
Por muitos anos, as pessoas acreditaram que as viagens eram necessárias para fechamentos de contratos importantes e/ou reuniões de negócios mais estratégicas. A videoconferência sempre foi uma ferramenta universal, mas nunca recebeu a atenção que merece. Na perspectiva dessa transição, com o fechamento de aeroportos e rodovias, as pessoas perceberam que um software funcional poderia ser adicionado à rotina, para que todos os procedimentos da empresa fossem executados com total segurança.
Além disso, o custo de manutenção dessas ferramentas é muito menor do que o custo de substituição de funcionários, por exemplo. Outra vantagem é que a videoconferência traz ainda mais agilidade para a empresa, seja nos processos internos ou externos.

3- Utilização das redes sociais
As redes sociais são uma excelente ferramenta que você pode usar para gerar grandes vendas, compartilhando conteúdos valiosos com seus seguidores. Além disso, elas permitem estreitar ainda mais o relacionamento com os clientes, pelas interações nos stories ou respostas aos comentários.
Outra dica é compartilhar suas postagens sinalizadas por seus seguidores. Isso com certeza fará com que eles se sintam especiais e ainda mais motivados para consumir seus produtos, além de promover seu negócio. Todas essas são formas de interagir com o público contribuem para um grande objetivo: fortalecer a comunicação da sua marca.

4 – O Marketing para divulgar promoção de produtos
Uma das estratégias mais promissoras na crise é promover seu produto de forma que o preço se torne atraente para os clientes.
As chamadas para tais anúncios podem ser relacionadas ao momento atual, transmitindo aos clientes que a empresa está comprometida em melhorar as condições de pagamento das mercadorias e facilitando o acesso para que os consumidores possam comprar.

5 –O atendimento ao cliente deve ser multicanal
A estratégia omnichannel não é novidade, mas ganhou ainda mais relevância neste ano. Para entender melhor o termo, vamos analisar o seu significado.
O prefixo “omni” vem do latim, e quer dizer tudo/todos. Enquanto isso, o sufixo “channel”, que vem do inglês, significa canais. Ou seja, este método sugere que todos os canais sejam trabalhados ao mesmo tempo, fazendo com que sua equipe atue de maneira onipresente.
De acordo com um estudo da Harvard Business Review, entre 46.000 entrevistados, 73% esperam ter uma boa experiência e uma migração de canal conveniente. Isso ocorre porque a estratégia omnichannel propõe mais do que apenas fornecer novos métodos de contato: ela precisa conectar esses métodos para apoiar o processo de compra, fornecendo informações de qualidade e com foco na experiência do cliente, independentemente do método adotado pelo consumidor.

**Este artigo tem como objetivo ajudar as pessoas a conceber métodos e estratégias de Marketing na era do Coronavírus, para demonstrar na prática as estratégias utilizadas.**

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceria

Select the fields to be shown. Others will be hidden. Drag and drop to rearrange the order.
  • Image
  • SKU
  • Rating
  • Price
  • Stock
  • Availability
  • Add to cart
  • Description
  • Content
  • Weight
  • Dimensions
  • Additional information
  • Attributes
  • Custom attributes
  • Custom fields
Click outside to hide the compare bar
Compare
Wishlist 0
Open wishlist page Continue shopping