fbpx
Billey Preloader

Aprenda como segmentar sua campanha no Facebook

Aprenda como segmentar sua campanha no Facebook

blog v2

A cada dia, a internet recebe milhares de novos conteúdos, em dezenas de formatos diferentes, direcionados a públicos ainda mais variados. Com tanta informação disponível, questiona-se sobre saturação e sobre a disponibilidade de quem a consome. O que essas pessoas ainda não visualizaram é que o sucesso de uma boa estratégia de marketing digital é a implementação de uma boa segmentação.

Pensando nisso, no post de hoje, vamos mostrar a você como segmentar a sua campanha no Facebook. Quer saber mais? Venha conferir!

Entenda a importância de segmentar a campanha no Facebook Ads

O diferencial do marketing digital, perante as tão comuns mídias de massa, é a entrega do conteúdo certo, para a pessoa certa, no momento ideal. Mas, quando não é realizada a segmentação, esse diferencial é perdido. Imagine ficar tentando forçar uma pessoa a assistir Faustão, quando ela simplesmente não quer. Mas, agora imagine enviar um link para um usuário assistir um tutorial de maquiagem, quando a pessoa já curte determinadas páginas sobre o respectivo assunto. Já parou para refletir sobre qual estratégia tem mais potencial de ter uma boa conversão? E já parou para pensar o porquê disso?

A segmentação é um dos pilares de sucesso do marketing digital. Isso porque o ato de nichar uma campanha, aumenta a taxa de conversão, alinha as expectativas com as ofertas e não investe dinheiro em usuários que não estão alinhados, nem tem as dores que os produtos — ou, até mesmo, conteúdos disponibilizados — objetivam solucionar.

No entanto, pensando especificamente na segmentação de anúncios da plataforma Facebook Ads, é preciso entender que não há segmentação perfeita. A rede social oferece inúmeras possibilidades de segmentação, porém, muitas vezes, a veracidade desta é questionável.

Isso acontece porque as informações do Facebook são fornecidas pelos próprios usuários. Na prática, essa questão pode se tornar um pouco complicada. Por exemplo, se você focar a segmentação “cargo” em proprietários de empresas, pode acontecer de seu anúncio ser ativado para usuários que marcam “Proprietários da VASP” — uma brincadeira entre adolescentes — e não cumprir os reais objetivos.

Por isso, é importante, além de realizar uma boa segmentação, prestar atenção na cultura real da sua persona e nas variáveis que podem atrapalhar o seu posicionamento. Além disso, é preciso ter um processo bem desenhado que preveja quais ações devem ser tomadas, a partir de cada situação.

Prepare-se antes de colocar a mão na massa

Para ajudar você a desenhar esse processo, indicamos um passo a passo de como deveriam ser realizados os anúncios na plataforma do Facebook:

Analise as informações imprescindíveis da sua persona, antes de partir para a produção do anúncio

Antes de colocar a mão na massa é preciso rever o que está em seu documento de persona. Reveja as principais informações do prospect para só então definir quais tipos de segmentação você utilizará nos anúncios.

Nesse passo, é importante pensar que é um brainstorming e levar em consideração o que é ou não possível dentro da plataforma. Reflita sobre quais informações poderiam ser utilizadas para potencializar as chances de sucesso dos anúncios.

Essa parte é imprescindível. Caso você trabalhe apenas com a sua memória no momento de segmentar, é provável que você não seja preciso ou, até mesmo, esqueça de informações imprescindíveis para ter sucesso.

Conheça os tipos de segmentação que são permitidos no Facebook

No segundo passo é importante conhecer as possibilidades da ferramenta e analisar o que é possível colocar em prática a partir das informações levantadas na análise da persona. Dessa forma, você conseguirá desenhar quais informações são as ideais.

O Facebook permite que você segmente o anúncio pelos seguintes critérios:

  • localização: é a geolocalização;
  • dados demográficos: idade, relacionamento, educação, trabalho, afinidades étnicas, família, política, eventos cotidianos, entre outros;
  • Interesses: detalharemos abaixo;
  • comportamentos: atividades, viagens etc.;
  • avançado: públicos personalizados.

Agora você deve estar se perguntando: “como o Facebook sabe identificar o interesse dos usuários?” E a resposta é simples: “curtidas!”

Por exemplo: se você curte várias páginas de artistas da música baiana, o Facebook perceberá que você gosta de Axé Music (vai sacudir, vai abalar, quando o seu cliente “clicar”!).

Além disso, você pode direcionar o anúncio para “fãs”, “amigos de fãs” ou excluir pessoas ligadas à sua Fan Page.

Coloque a mão massa

Depois de todo o processo de preparação e com as informações principais em mãos, chegou a hora de colocar a mão na massa. Para facilitar o desenho desse processo, dividimos tudo em quatro etapas simples de serem conduzidas:

Passo 1: Defina o “Objetivo da Campanha”

Ao definir um objetivo para sua campanha, o Facebook Ads se encarregará de otimizar os resultados. Nesse estágio, é importante definir o objetivo, levando em consideração toda a estratégia de marketing.

rede social traz as seguintes opções:

  • promover post;
  • promover sua página;
  • trazer pessoas para o seu site;
  • otimizar conversão no site;
  • instalações do seu app;
  • alcançar pessoas próximas ao seu negócio;
  • promover interação com a sua oferta;
  • aumentar as visualizações de um vídeo.

Passo 2: Invista no nome da campanha

Defina se a sua campanha terá investimento diário ou por um determinado período e nomeie a sua campanha. A nomeação é importante para organização interna. Quando há vários anúncios e campanhas sendo veiculados simultaneamente, as nomenclaturas vão ajudar os profissionais a se encontrarem e a realizarem um bom trabalho.

Passo 3: Pense na imagem do anúncio

Selecione a imagem (ou as imagens) que vão ilustrar o seu anúncio. E lembre-se: tenha uma imagem atrativa, que seja condizente com os gostos da sua persona! Considere também que a rede prefere anúncios que têm pouco texto. Além disso, leve em consideração as dimensões certas para a melhor apresentação do anúncio.

Passo 4: Escreva os textos do anúncio

Descreva o seu anúncio nas linhas disponíveis — respeitando a limitação de caracteres — e sendo fiel à página que o usuário vai encontrar, ao clicar no respectivo. Lembre-se de ser o mais atrativo possível e utilizar palavras-chave que possam aumentar a CTR (clickthrough rate) do material.

Passo 5: Teste e teste muito

Muitas vezes, um anúncio tem melhor performance que outro e é importante realizar testes para entender qual produção está atingindo mais os resultados.

Produza pelo menos dois anúncios com determinadas mudanças e acompanhe.

Feito isso, revise a campanha, cruze os dedos e mande publicar!

Como você viu até aqui, segmentar o anúncio corretamente no Facebook é importante. Somado a isso, é fundamental que você tenha um bom posicionamento nas redes sociais e planejamento de conteúdo.

Gostou deste artigo? Entendeu como segmentar a campanha no Facebook? Conte para nós as suas experiências com a segmentação de anúncios no Facebook Ads e também fique à vontade para nos enviar suas principais dúvidas sobre o assunto!

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceria