La pimi: uma startup de produto que nasceu da transformação digital


Com apenas 1 ano de criação a La pimi tem ganhado o país, chegando na 4ª Temporada do Shark Tank Brasil, programa de referência mundial em startups. E vamos contar a você como esse case de Transformação Digital aconteceu.

Além disso, em 1 ano, impactou mais de 3 MILHÕES de pessoas nas redes sociais.

O que nem todos sabem é que ela foi um MVP (Produto Mínimo Viável, em português) do nosso novo serviço de “Transformação Digital“, e agora você confere abaixo tudo que foi desenvolvido na Penze do zero até hoje formando um completo ecossistema digital.

Com apenas 1 ano de criação, a La pimi – marca de pimentas e molho em conserva – tem ganhado o país chegando na 4ª Temporada do Shark Tank Brasil, programa de referência mundial em startups.

O que nem todos sabem é que ela foi um MVP do nosso novo produto “Transformação Digital” e agora você confere abaixo tudo que foi desenvolvido na Penze, partindo do zero até hoje formando um completo ecossistema digital.

A PENZE E A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

No início de 2019, pivotamos a Penze e nos lançamos como uma empresa de Transformação Digital unindo Marketing, Tecnologia e Negócios.  Esses três pilares complementares se dava para fornecer as empresas mais do que estratégias de Marketing Digital, e sim uma completa assessoria para se adaptarem à nova Era.

Assim, com profissionais de diversas áreas e um ambiente de cultura aberta, nossa proposta era pensar de que maneira poderíamos fornecer serviços para empresas novas e tradicionais, que as fizessem fazer uso dos benefícios da Tecnologia, do Marketing Digital e dos novos modelos de negócios, para repensar produtos e alcançar resultados maiores.

STARTUPS COM FOCO EM PRODUTOS

Como já é de conhecimento de todos, as startups são muito conhecidas na área de tecnologia, alguns dos exemplos mais populares são: Uber, Netflix, Facebook, Google e muitos outros. Porém, a vocação brasileira é genuinamente voltada para o varejo e algumas indústrias de produtos.

Por isso, foi adaptada diversas metodologias para fazer com que a La pimi pudesse utilizar da Transformação Digital para acelerar e obter informações preciosas de seus consumidores.  Assim, a marca foi posicionada no mercado como uma empresa fabricante de pimentas em conserva e de molhos.

ESTRATÉGIA DE COLETA DE DADOS PARA LANÇAMENTO

Um erro bastante comum de algumas marcas é se lançar no mercado com dezenas de produtos e alto investimento, para só depois verificar o gosto do consumidor. Por isso fizemos exatamente o inverso, antes mesmo do lançamento foi criada uma estratégia digital para coletar dados por meio das redes sociais e assim focar no que o mercado/público carecia.

Feito isso, os 2 produtos mais votados entraram no desenvolvimento do MVP (Mínimo Viável Produto), ou seja, aquele produto ainda embrionário, de teste. Simultaneamente foram desenvolvidos os rótulos, fórmula dos produtos e por fim distribuição para usuários testes e de lá pra cá, o modelo tem sido esse.

MARKETING E REDES SOCIAIS

A La pimi, apesar de ser uma empresa de produto físico, operou inicialmente por meio da internet. Com a construção de conteúdos sobre que educavam e ao mesmo tempo incentivava o consumo da pimenta, como receitas, curiosidades e dicas, além da divulgação – Facebook e Instagram – daqueles que estavam experimentando.

Utilizando a técnica do Storytelling, de contar histórias, o time da Penze juntamente com a La pimi criou o resgate de uma tradição, que com condimentos industrializados americanos (catchup, mostarda etc), estavam ficando esquecidos entre os jovens.

ECOSSISTEMA DIGITAL

Para uma boa estratégia de conteúdo, cada vez mais tem se buscado os chamados canais  proprietários. Claro que as redes sociais e o e-mail marketing, são fundamentais na estratégia. Mas devem ser visto como meio, e não fim.

Por isso, sites, blogs, lojas virtuais, landing pages, formulários, são canais que compõem o ecossistema digital de uma empresa e onde podem ser coletados dados significativos de negócio. No caso da La pimi, a Lectuz (Hub de Tecnologia da Penze) é quem opera todos canais tornando ainda mais ágil e assertivo o processo, devido a não terceirização.

CONTEÚDO EM VÍDEOS

Desde 2018, o conteúdo em vídeo está cada dia mais ganhando espaço. As pessoas adoram consumir conteúdos em vídeos, mas é importante lembrar que não pode ser qualquer um. Por isso, há 1 ano a Penze começou a criar o time voltado para a produção de vídeos específicos para a linguagem do digital, que tenham história, conceito, muita técnica e que facilitem a comunicação.

Hoje a linha de pimentas já chega a mais de 10 produtos com distribuição em mais de 100 pontos de venda localizados em 15 cidades. Agora diz, é ou não é um case de sucesso?!


ALGUNS DADOS

Em 1 ano, seguem alguns dados do ecossistema digital

  • 3 milhões de pessoas impactadas nas redes sociais
  • 87 MIL pessoas que diretamente engajaram com nossos conteúdos (comentaram, curtiram, compartilharam…)
  • 40 mil reações em posts
  • 8 mil usuários em nosso site/blog/loja virtual


RESUMO

Hoje a linha de pimentas já chega a mais de 10 produtos com distribuição em mais de 100 pontos de venda, em 15 cidades. Agora diz, é ou não é um case de sucesso? 💜

Assim, destacamos os serviços/produtos fornecidos para a La pimi que fizeram esse grande case.

– Criação do logotipo
– Rótulos e embalagens, desde o MVP;
– Conteúdos estratégicos para mídias sociais (posts + stories);
– Estratégia Digital
– Relacionamento digital: gerenciamento dos canais digitais promovendo interações e sorteios com os amantes de pimenta;
– Produção de vídeos;
– Desenvolvimento e manutenção de plataformas digitais: site e blog;
– E-commerce: loja virtual para promover venda online;
– Envio de e-mail marketing e criação de lista de transmissão.

CANAIS DIGITAIS DA LA PIMI – saiba mais

Quer saber mais sobre a La pimi? Acesse o site ou siga as redes sociais – Instagram e facebook.

Comente no Facebook

O que achou do conteúdo? Deixe seu comentário ;)