fbpx
Billey Preloader

Descubra a importância das palavras-chave para a sua marca

Descubra a importância das palavras-chave para a sua marca

descubra-a-importancia-das-palavraschave-para-a-sua-marca.jpeg

Dentre os elementos mais importantes de SEO, citamos as palavras-chave. É por meio delas que os usuários encontrarão seus produtos e serviços nos buscadores da internet, como o Google. Assim, se você não souber usá-las bem, dificilmente os clientes saberão que a sua marca existe.

No entanto, não adianta apenas escolher o termo ideal e usá-lo. É necessário conhecer as keywords mais adequadas, fazer um planejamento em torno delas, encaixá-las nos lugares certos e continuar analisando os resultados.

Continue a leitura e entenda um pouco da sua importância para o universo digital!

Por que usar as palavras-chave corretas?

Hoje em dia, qualquer dúvida ou interesse que temos, buscamos conhecimento pelo Google, certo? Com o avanço da web, ele se tornou o oráculo capaz de dar resposta a qualquer tipo de questionamento. E não importa se a pergunta é boba, fácil, séria, difícil. Em poucos segundos, ele mostra uma lista imensa dos sites que possam conter aquilo que queremos.

As palavras-chave podem ser definidas, então, como uma espécie de pergunta ou frase que entregará um resultado. Quanto mais específicas elas são, mais facilmente encontramos aquilo que queremos. Por exemplo, se digitarmos no buscador “sapatos”, teremos respostas bem amplas, como sapatos novos, velhos, coloridos, feios, usados, para trabalho, para casamento etc. Já se buscarmos por “sapatos pretos masculinos para festa de casamento”, o Google entregará algo bem mais restrito.

Essas diferenças de termos podem ser conceituadas como head tail e long tail keywords. As primeiras são termos mais gerais, normalmente compostas por uma ou 2 palavras, enquanto as segundas são termos bem mais específicos. Já que as pessoas podem buscar por qualquer um deles, o ideal é ter um planejamento com equilíbrio.

Assim, uma empresa da era digital precisa ter em mente quais as ações mais adequadas, nesse sentido, para que sejam encontradas pelos consumidores na web. Será por meio das palavras-chave que elas atrairão o público certo, criarão autoridade, conseguirão um bom rankeamento no site e engajarão os usuários.

Como os algoritmos funcionam?

O Google tem seus bots, que utilizam diversos fatores para rankear bem uma página. A palavra-chave não é o único, mas é um dos principais.

Uma das dúvidas de quem ainda está começando a estudar sobre o assunto é decidir quais termos são os melhores para cada negócio. Por exemplo, será que aquelas keywords mais buscadas são sempre as ideais? A resposta é: depende.

Isso porque quanto mais uma palavra-chave é procurada, mais concorrência ela terá e, consequentemente, mais difícil será conseguir os primeiros lugares com ela. É importante testar várias hipóteses, além de analisar como os outros sites estão conseguindo rankear.

Muitas vezes, pode ser mais estratégico tentar um bom posicionamento com um termo que tenha poucas buscas, já que trará um resultado de SEO mais rápido e sua empresa conseguirá autoridade por meio disso.

Quais práticas e ferramentas podem ajudar?

Ter um planejamento é fundamental para que as estratégias de conseguir gerar tráfego para as páginas deem certo. Ele envolverá ações como definição da persona, alinhamento com os objetivos do funil de vendas e pesquisas por meio de boas ferramentas.

A persona é a representação do seu cliente ideal. Ela é criada a partir das características dos seus melhores fregueses. É se espelhando nela, no que ela pensa, deseja, teme e sofre, que qualquer tipo de ação do seu negócio será definida, inclusive a determinação das palavras-chave. Então, nesse caso, é necessário se colocar no lugar dessa persona e imaginar de que forma ela pesquisaria algo se tivesse dúvidas.

O funil de vendas é uma referência aos estágios do processo de compra do consumidor. Nem todos que fazem pesquisas sobre os termos estão decididos a fazer aquisições naquele instante. Por exemplo, alguém que digita “chocolate” não necessariamente pretende comprá-lo.

Por outro lado, se a expressão for “onde tem chocolate da marca tal na cidade x” possivelmente vem de alguém já decidido a fazer a aquisição. Com isso, a palavra-chave deve estar adequada para resolver as necessidades de cada uma das fases nas quais o consumidor se encontra.

No que se refere às ferramentas, listamos, a seguir, algumas que você pode usar.

Google Keyword Planner

O próprio Google disponibiliza uma ferramenta para que os usuários possam fazer pesquisas sobre um determinado termo e analisar a quantidade de pessoas que costumam procurar por ele. Dessa forma, você consegue identificar se o termo tem alta, média ou baixa busca e se ele pode se adaptar às suas estratégias. O Keyword Planner também sugere outras palavras-chave que geram bons resultados.

SEMRush

Aqui é possível analisar os sites que aparecem nos primeiros lugares com determinada keyword. Ela também mostra o grau de concorrência e dá dicas de outros termos que você pode usar para otimizar seus resultados.

Google Trends

Com essa ferramenta você descobre quais os termos mais procurados do momento. Ela permite fazer comparação entre diversas palavras-chave diferentes, a fim de mostrar qual tem tido mais buscas e, ainda, selecionar uma localização específica.

Ubersuggest

Ela mostra quais as páginas estão rankeando com o termo escolhido por você e ainda diz o quão difícil será você se classificar com a palavra. Também oferece sugestões de outras keywords e o volume de busca por cada.

Então as palavras-chave são tudo?

Bem, apesar das keywords serem bons fatores de rankeamento, você não sairá adicionando várias em qualquer lugar, sem uma lógica. No caso da otimização de sites, existem os lugares adequados, como título da página, meta description, tags de imagem.

Já para artigos, eles também devem ser feitos pensando no leitor, e não apenas nos bots. Não adianta inserir várias expressões, a fim de gerar tráfego, se o texto não responder uma dúvida ou for relevante. Além disso, ações como keyword stuffing tendem a fazer com que o Google puna o site.

Por fim, vimos que é importante ter boas estratégias para usar as palavras-chave. As ações precisam ser analisadas e ter objetivos, a fim de atrair o público ideal. No entanto, tudo deve estar dentro das normas para não sofrer consequências da penalidade.

Quer boas táticas para conseguir autoridade para seu negócio? Entre em contato conosco e conheça nossos serviços!

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parceria

Select the fields to be shown. Others will be hidden. Drag and drop to rearrange the order.
  • Image
  • SKU
  • Rating
  • Price
  • Stock
  • Availability
  • Add to cart
  • Description
  • Content
  • Weight
  • Dimensions
  • Additional information
  • Attributes
  • Custom attributes
  • Custom fields
Compare
Wishlist 0
Open wishlist page Continue shopping