Entenda a nova jornada do consumidor

Conforme o comportamento do público se transforma, as estratégias de marketing também precisam se adaptar. Está na hora de fazer algumas alterações no modelo de jornada do consumidor, para que possa refletir as mudanças dos últimos anos.

Basear a sua estratégia de marketing na jornada do consumidor é uma decisão bastante eficaz, já que possibilita desenvolver as melhores abordagens para cada momento do contato dele com a sua empresa. No entanto, para que o modelo funcione, ele precisa sempre refletir a realidade do comportamento do seu cliente.

Com a popularização de uma série de novas tecnologias e transformações no comportamento dos clientes, é natural que a jornada mude. Hoje, muitos negócios podem surgir de formas impensáveis no passado. É muito importante que você preveja esses movimentos e adapte a sua estratégia.

Conheça, a seguir, os principais pontos em que a nova jornada do consumidor precisa funcionar em sua estratégia de marketing:

Caminho não-linear até a compra

O formato do funil de vendas tradicional tem um caminho bastante nítido: começa no topo, desenvolve-se pelo meio até chegar ao fundo. No entanto, com as mudanças de comportamento dos últimos anos, esse caminho deixou de ser tão linear.

Agora, a nova jornada do consumidor precisa prever a possibilidade de ser iniciada a partir de qualquer ponto e seguir em novas direções.

Ativação a partir de micromomentos

Micromomentos é um termo definido pelo Google para se referir a situações como esta: alguém está assistindo a um filme, vê uma bolsa de determinada marca e decide procurar por ela usando o celular. Ao achá-la à venda em uma loja virtual, decide comprá-la.

Trata-se de uma situação especial que precisa ser considerada ao repensar a jornada do consumidor. Afinal, foi um processo possível graças à disponibilidade do smartphone e a possibilidade de fazer compras online. Você deve se preparar para negócios vindos de micromomentos.

Conhecimento aprofundado sobre o produto

No modelo clássico da jornada do consumidor, era papel da estratégia de marketing suprir o cliente com informações, até que ele se qualifique suficientemente para decidir a favor do seu produto. Hoje, isso não é mais essencial.

É possível que muitos clientes cheguem até você já totalmente convencidos a fechar negócio, seja porque foram influenciados por outros usuários ou porque perceberam valor na sua entrega. A sua estratégia precisa estar pronta para essa realidade.

Fortalecimento da autoridade e credibilidade

O público tem muitas opções para escolher em diversos segmentos. Não basta apenas oferecer o melhor preço ou qualidade, já que o cliente precisa perceber que a sua marca é uma referência em seu mercado.

Na nova jornada do consumidor, o interesse dele pode ser ativado ao enxergar determinada empresa como referência no assunto. Isso faz com que o cliente possa pular diretamente para o fim da jornada de compra, fechando negócio sem precisar ser convencido.

Tendo em vista todas essas mudanças, é importante que a adaptação da jornada do consumidor se torne uma prioridade dentro da sua empresa. Volte a sua atenção para o comportamento e as preferências do seu público para reconhecer as transformações e fazer as modificações necessárias na sua abordagem. Lembre-se de que, se você não fizer isso, corre o risco de falhar na tentativa de gerar identificação junto ao seu público-alvo.

Curtiu este artigo? Então compartilhe-o nas suas redes sociais para que os seus contatos também aproveitem essas informações.

Comente no Facebook

O que achou do conteúdo? Deixe seu comentário ;)