Site responsivo: isso realmente importa?

Com a forte concorrência no mercado, cada empreendedor deve buscar novas técnicas e estratégias para promover seu negócio. Tendo isso em mente, o marketing digital apresenta diversas possibilidades. De fato, com o avanço da tecnologia e o acesso facilitado à internet — são 116 milhões de brasileiros conectados! — cada vez mais os consumidores estão optando pelas compras online.

Nesse sentido, para acompanhar as mudanças e aproveitar as oportunidades, a importância de um site responsivo aumentou muito. Se você ainda tem dúvidas se precisa ou não investir em um site responsivo, nosso post vai ajudá-lo bastante. Confira!

Site responsivo e site mobile: qual a diferença?

A principal diferença é que o site responsivo identifica o dispositivo que o usuário está utilizando e se adapta para fornecer a melhor experiência baseada no dispositivo em uso.

Já o site mobile é outra versão do site, geralmente sob o endereço www.m.site-exemplo.com, que é acessado quando o usuário estiver em um smartphone ou tablet.

Em relação à implementação desses dois tipos de site, o site mobile exige uma manutenção muito maior, já que deverá ser constantemente atualizado pela equipe de programadores conforme as modificações do site principal. Além disso, para ter um site mobile é necessário esforços duplicados, já que serão desenvolvidos dois sites separados.

Qual é a importância de um site responsivo na estratégia das empresas?

Cada vez mais os dispositivos móveis, como celular e tablet, estão sendo utilizados para acessar a internet. O uso não tem limites, o usuário pode acessar as redes sociais, fazer transações bancárias, visitar sites, comprar produtos e, até mesmo, ler livros inteiros.

Porém, para que essas ações possam ser feitas, a qualidade de leitura e visualização do conteúdo das páginas tem que ser mantida. Essa preocupação se traduz em ter um site responsivo, ou seja, um ambiente que se adapte à tela do dispositivo sem perder qualidade e usabilidade.

Agora, vamos mostrar alguns dados. O Facebook, maior rede social do mundo, está presente nas estratégias de marketing das empresas. A plataforma permite que a marca crie um canal de comunicação direta com seu público, atraindo novos consumidores, além de fidelizar aqueles que já conhecem a empresa, mostrando suas novidades e diferenciais.

Só no Brasil, 102 milhões de pessoas estão cadastradas na rede social. Dessas, 93 milhões acessam a plataforma pelos seus dispositivos móveis. Então, só com esses dados dá para ter uma ideia da importância de um site responsivo, não é mesmo?

Para maior esclarecimento, no próximo tópico vamos listar alguns pontos que o site responsivo proporciona.

Quais são os benefícios de ter um site responsivo?

Maior usabilidade e satisfação do cliente

Com tantas opções na internet, você optaria por um site complexo, com navegação difícil, em que as informações não estão claras? Provavelmente, não. A usabilidade do site influencia diretamente nas vendas.

Se uma empresa cria dificuldades ao acesso, os consumidores simplesmente escolherão outra loja virtual para fazer suas compras, afinal, o cliente que está online quer desfrutar de tudo o que o mundo offline impõe barreiras: praticidade.

Melhor experiência do usuário

Além disso, é muito importante pensar na experiência do usuário. Afinal, toda interação com a marca — no site, redes sociais, conteúdos de um blog, mensagens ou ligação telefônica — gera uma experiência.

Se o cliente fica satisfeito e tem suas solicitações atendidas ou superadas, ele voltará a fazer negócios com a empresa e até recomendá-la. Porém, se ele não tiver boas experiências, temos uma perda de futuros negócios, pois o usuário não vai procurar aquela empresa novamente.

Lembre-se sempre de que as pessoas que compram pela internet buscam por facilidade e conforto. Qualquer tipo de burocracia evitável pode atrapalhar e levar o usuário para o site do seu concorrente.

Redução dos custos de manutenção

Conforme mencionamos, criar um site mobile demanda manutenção constante e o desenvolvimento de outro site novo. As despesas com custo de mão de obra: você terá de tomar conta de dois sites ao mesmo tempo.

Criar um ambiente responsivo é mais prático, demanda menor investimento e gasto em manutenção. Seu trabalho será um só e todo o conteúdo das páginas se adaptará às telas.

Melhor posicionamento na busca orgânica

Um bom posicionamento na busca orgânica pode gerar ótimos resultados nas vendas e no conhecimento da marca. Para ranqueamento, o Google utiliza diversos fatores, entre eles a facilidade de acesso por dispositivos móveis, além de priorizar a versão acessada por dispositivos mobile no momento de “ler” o seu site. Então, para aplicar o SEO é necessário entender a importância de um site responsivo.

Maior conversão de leads

Um site responsivo bem desenvolvido fornece, além de todos os benefícios já citados, confiança ao usuário, aumentando as conversões pelo mobile.

Vamos pegar como exemplo um site que vende roupas e dois cenários.

I — Os banners de promoção ocupam a tela inteira do dispositivo, o menu de navegação aparece desconfigurado e quando eu coloco o meu produto no carrinho não consigo ver ao certo quantas unidades estão selecionadas.

II — Os banners têm um tamanho bom, em que é possível enxergar claramente o que está escrito sem dar zoom — não ocupam a tela inteira do celular — logo abaixo há uma vitrine com os últimos lançamentos. Quando eu adiciono os produtos no meu carrinho consigo visualizar claramente as unidades que estou comprando, o preço de cada um e o preço total.

Ficou mais claro qual site trará maior conversão?

Embora o exemplo dado tenha sido aplicado ao varejo, a conclusão vale para qualquer outro setor. Investir em tecnologia e usabilidade mostra preocupação com o usuário, comprometimento pelo lado da empresa e, como consequência, o cliente se sente seguro o suficiente para fechar um negócio.

Como implementar um site responsivo?

O site responsivo deve ser desenvolvido baseado em conhecimentos de SEO, experiência do usuário, comportamento de cliente e programação.

Embora uma equipe de programadores possa entregar um site rápido e fornecer uma boa experiência para o usuário, ela falha em outros aspectos, principalmente em relação ao marketing e à venda.

O SEO consiste de uma série de modificações no site, tanto no código da página quanto no conteúdo, fazendo com que o Google encontre o site da sua empresa e atribua uma importância. Quanto mais elementos otimizados, maior a sua importância e, portanto, maior visibilidade nas páginas de pesquisa.

Não adianta termos um site com a melhor responsividade do mercado se o SEO não estiver aplicado — perderemos oportunidades de vendas!

A melhor solução é contratar uma agência de marketing que, por ter uma visão mais ampla do seu mercado, consegue otimizar a implementação do site responsivo, já aliando a programação às estratégias de marketing que vão gerar lucro.

O que está esperando para otimizar seu site?

Como vimos em nosso artigo, a importância de um site responsivo nas estratégias das empresas é enorme. Uma marca que deseja se tornar referência no mercado, atrair novos consumidores, fidelizar seus clientes e ganhar autoridade, precisa criar um ambiente que se adapte à utilização dos usuários, sem perder qualidade ou usabilidade.

Essa preocupação é muito importante, pois impacta diretamente na satisfação dos consumidores e, consequentemente, no sucesso do negócio.

Quer ficar sempre atualizado sobre este assunto e planejar estratégias um passo à frente dos concorrentes? Então assine agora mesmo a nossa newsletter!

Comente no Facebook

O que achou do conteúdo? Deixe seu comentário ;)