Inteligência de dados: Saiba como ela pode orientar a sua empresa para o crescimento

Ajay Banga, CEO da Mastercard, afirmou em um evento que os dados são o novo petróleo dos tempos atuais — com a ressalva de que o petróleo é um recurso finito e não renovável, e os dados, não.

Essa comparação não é para menos: há tempos que se comenta sobre o poder das informações que circulam nas diferentes esferas (interna, externa, online e offline) de uma empresa, e como diversas organizações estão usando a inteligência de dados a favor do crescimento do negócio.

Enquanto milhares de novos empreendimentos foram construídos basicamente em cima de conhecimento de mercado e informações sobre o cliente — aplicativos de delivery, por exemplo, monitoram restaurantes com as melhores ofertas ao redor do consumidor e disparam, no momento certo, promoções e descontos para atrair pedidos —, várias empresas de ramos distintos estão aprendendo a usar recursos para minerar dados e usar esse conhecimento para inovação.

Na era do conhecimento, a quantidade de dados gerados tanto dentro quanto fora do campo virtual é gigantesca, de maneira que é praticamente impossível que empresas ignorem o valor de coletar e interpretar essas informações. Mesmo sabendo disso, o desafio para muitos gestores é saber como processar com esse volume avassalador para criar experiências incomparáveis para seus clientes.

Então, afinal, como implantar a inteligência de dados e usar as informações com eficiência para alavancar o desenvolvimento e o desempenho de um negócio? Descubra agora mesmo com a leitura deste conteúdo!

O que é exatamente a inteligência de dados e quais são seus impactos?

As informações que circulam pelas redes e pelos diversos campos ao redor de uma empresa têm diversos formatos e muitas não são estruturadas. O papel da inteligência de dados é, por meio de ferramentas qualificadas, estabelecer um processo de coleta, organização, análise e interpretação dessas informações a fim de gerar conhecimento valioso que norteie as tomadas de decisão e o planejamento estratégico de um negócio.

Por conta disso, na prática, os impactos da inteligência de dados nos resultados de uma empresa são significativos. Uma vez processadas, essas informações oferecem insights confiáveis e relevantes sobre tendências de mercado, comportamento do consumidor, cenários, entre outros assuntos que fazem com que uma instituição consiga ter mais flexibilidade, tanto para se adaptar a cenários difíceis como para aproveitar oportunidades.

Assim, o conhecimento fornecido pela inteligência de dados é capaz de colocar uma empresa a frente da concorrência, antecipando-se ao mercado, além de contribuir para melhorar processos e o atendimento ao cliente.

Como criar cultura interna uma voltada para a inteligência de dados?

As oportunidades geradas pela inteligência de dados surpreendem empresas que estão dispostas a abraçar essa tecnologia e adotar um mindset digital. Contudo, esse investimento é algo que exige certas mudanças e comprometimento. Acompanhe, a seguir, dicas que podem ajudá-lo nessa transição.

Alinhe objetivos e prioridades da empresa

A inteligência de dados é algo que deve fazer parte da cultura e permear todas as áreas da empresa. Logo, comece essa jornada analisando os objetivos e prioridades do negócio em relação ao seu DNA. Existem resistências ou obstáculos a um processo de digitalização e modernização?

Muitas instituições têm dificuldade de extrair todo o potencial de determinada tecnologia devido à presença de operações ou estilos de gerência engessadas. Avalie esses pontos e garanta o alinhamento das metas do negócio com o curso das mudanças.

Faça um benchmarking

Depois de fazer uma avaliação interna, dê uma olhada no que sua concorrência anda fazendo em relação à análise de dados. Tenha em mente que o benchmarking é a prática de investigar o mercado e os concorrentes não para copiá-los, mas sim buscar formas de superá-los e se diferenciar.

Todavia, para descobrir como se destacar, é preciso estudar seu segmento e examinar ameaças e oportunidades do meio. Frequentar eventos, conferir publicações e observar a movimentação das redes sociais de outras empresas são bons pontos de partida para fazer essa pesquisa e ter uma ideia de suas iniciativas.

Mapeie fluxos internos

Ainda no tocante à autoanálise do negócio, uma aplicação indispensável da inteligência de dados é poder ter uma visão ampla e 360º do mercado e da própria empresa. Isso porque você terá informações sobre seu fluxo de volume de vendas, demandas, estoque, clientes, sazonalidades e tudo mais que for relevante estrategicamente.

Assim, a utilização de dados amplifica as perspectivas da empresa e permite um mapeamento dos processos e fluxos internos mais acertados, gerando conhecimento que leva a tomadas de decisão embasadas e ganho de competitividade.

Utilize tecnologias de integração e colaboração

O objetivo crucial da inteligência de dados é mobilizar conhecimento. Uma vez estruturado o caminho para coletar e processar as informações, o mais importante é definir o que a empresa vai fazer com tudo que foi aprendido.

É nesse ponto que entra a importância da implementação de ações e tecnologias de capacitação, integração e colaboração entre as equipes. Workshops e treinamentos devem ser conduzidos para instrumentar colaboradores, prepará-los para a mudança e, sobretudo, envolvê-los na cultura de dados e automatização.

Monitore e divulgue resultados

Conforme as ações relacionadas à inteligência de dados são colocadas em prática, é imprescindível divulgar e discutir com a equipe os resultados e aprendizados, bem como acompanhar indicadores que permitam olhar esses retornos de forma integrada e fazer as correções necessárias.

Conte com sistemas tecnológicos para centralizar processos e crie dashboards simples e intuitivos que informe as equipes e mantenha todos alinhados e focados no processo.

No mundo conectado em que vivemos hoje, a inteligência de dados é a espinha dorsal das tomadas de decisão, do planejamento estratégico e vários direcionamentos escolhidos por uma companhia.

Na era da transformação digital, informação qualificada vale ouro e revela todo um universo sobre seu público-alvo, sobre tendências, sobre o mercado e muito mais, permitindo que uma organização consiga catapultar sua performance e colher resultados surpreendentes. Agora é com você: sua empresa está preparada para essa revolução?

Gostou do conteúdo e está curioso para saber mais sobre os impactos da tecnologia e da ciência de dados no seu negócio? Podemos ajudá-lo! Entre em contato conosco e conheça nossa expertise e nossas soluções!

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese